Uma gestação mais segura e confortável com Pilates

Descubra como o Pilates pode ajudar você a se manter forte, flexível e ajudar a passar por estes 9 meses de maneira confortável.

Pilates na gravidez

A gravidez é um momento marcante para uma mulher, e que precisa ser aproveitado para garantir o máximo qualidade de vida para ela e para o bebê. Porém, as mudanças corporais que acontecem ao longo desses 9 meses criam situações causam desconforto, mas que podem ser evitadas e diminuídas pela prática de exercícios.

Durante a gestação, o abdômen e o assoalho pélvico ficam sob crescente pressão conforme os músculos são tensionados para abrir espaço para o desenvolvimento do bebê. Junto com o aumento na produção do hormônio relaxina, isso pode causar desequilíbrio, dor nas costas e deixar você mais vulnerável a lesões durante a gravidez.

O Pilates treina o corpo a ser mais forte, flexível e equilibrado, ensinando um método de respiração profunda e controlada, além do relaxamento mental essencial na prática dos exercícios. O foco está no desenvolvimento dos grupos musculares das costas, abdômen e pélvis – justamente as regiões mais passam por mudanças durante a gestação.

Entre os efeitos da prática regular do Pilates estão:

Respiração controlada e relaxada: a respiração profunda e controlada é parte constante dos exercícios, e facilita o trabalho de parto;

Ajuda com o equilíbrio: é comum você se sentir mais desajeitada durante a gravidez. O Pilates melhora o equilíbrio corporal, mantendo o corpo mais estável conforme o bebê se desenvolve;

Fortalece o assoalho pélvico: isto ajuda a acomodar e dar suporte para a bexiga, intestino e útero enquanto o bebê cresce e se desloca, o que evita a incontinência urinária comum até mesmo após o parto;

Reduz a dor nas costas: fraqueza muscular durante a gestação pode trazer dor nas costas e na pélvis.  O Pilates ajuda a corrigir a postura, distribuindo melhor o peso e aumentando o seu conforto durante a gravidez.

Além disso, conforme passam os estágios da gravidez, o centro de massa do corpo se desloca. A prática de exercícios – especialmente um tão focado em equilíbrio como o Pilates – ajuda você a conhecer as mudanças do seu corpo e evitar frustrações.

Precauções

O primeiro passo é marcar uma consulta com seu médico para saber se há alguma contra-indicação. A maioria das mulheres está apta a praticar exercícios durante a gestação, mas se houver alguma complicação na gravidez o seu médico pode limitar ou restringir o programa de exercícios – ou incentivar você a começar, caso tenha diabetes gestacional.

Outras precauções são conhecidas por todas as grávidas: mantenha-se muito bem hidratada, não se esforce demais, descanse com frequência e respeite os limites do seu corpo.

Com estes cuidados e um fisioterapeuta que saiba indicar quais exercícios de Pilates praticar em cada semestre, você terá uma gravidez mais saudável e com mais mobilidade.

Como começar

Se você tem interesse na prática do Pilates, o primeiro passo é agendar uma avaliação com um fisioterapeuta especializado no método, pois tentar realizar exercícios sem supervisão e orientação pode agravar problemas de saúde já existentes.

A Clínica Jardins conta com uma equipe de fisioterapeutas especializados e certificados, oferecendo atenção exclusiva em turmas reduzidas de até duas pessoas.

As avaliações são realizadas pela fisioterapeuta Dra. Eloize Valadares, em conjunto com a profissional responsável pelo seu atendimento, para que você receba um cronograma de exercícios personalizado para os resultados que você procura.

Agende sua avaliação aqui e venha fazer Pilates!

Escrito por

Eloize Valadares