Carboxiterapia: 70 anos de sucesso


Apesar do nome futurista, a carboxiterapia não é um tratamento novo. Entenda como as águas termais de uma pequena cidade francesa levaram ao desenvolvimento de um dos tratamentos estéticos mais antigos e com mais tempo de mercado do mundo, e como ele funciona.

O que é carboxiterapia?

Conforme envelhecemos, as veias capilares situadas abaixo da pele têm uma dificuldade crescente em oxigenar as células ao seu redor, diminuindo sua capacidade regenerativa e elasticidade. O processo estético de carboxiterapia injeta CO2 sob a superfície da pele, o que encoraja a revitalização dos vasos sanguíneos e a oxigenação da área de aplicação.

O gás carbônico favorece também a formação de colágeno e elastina, e tem efeito lipolítico (ou seja, quebra as células de gordura).

A carboxiterapia é utilizada para:

-tratar a celulite;

-combater a gordura localizada e diminuir medidas;

-reduzir a flacidez facial e corporal;

-diminuir a visibilidade das marcas de estrias;

-reduzir o tamanho da papada;

-clarear olheiras.

A origem da carboxiterapia

O tratamento de carboxiterapia é bastante popular mas, surpreendentemente, não é nada novo. Seus princípios foram descobertos na cidade de Royat, localizada na França. Conhecida por suas piscinas de águas termais, ela era um ponto turístico utilizado por décadas devido aos efeitos curativos e rejuvenescedores de suas águas.

Um estudo foi conduzido em 1932 para analisar as propriedades desta fonte hídrica, e descobriu-se que as águas eram ricas em monóxido e dióxido de carbono (CO e CO2). Na década de 50, médicos franceses começaram a fazer uso da injeção desses gases para o tratamento de cicatrizes – a carboxiterapia. Deste princípio pequeno, o tratamento cresceu até se tornar um dos mais populares internacionalmente.

Como é o tratamento

A carboxiterapia é aplicada através de injeções com agulhas logo abaixo da primeira camada da pele, causando uma sensação de ferroada. Apesar de ser um pouco mais dolorosa do que os outros tratamentos, seus efeitos também são mais duradouros.

Os pacientes interessados devem passar por uma avaliação individual, mas no geral, são necessárias de 4 a 6 sessões de 30 minutos para obter resultados. Com cuidados de pele como hidratação e uso de protetor solar, os efeitos das sessões podem ser mantidos com sessões de “retoque” a cada seis ou oito meses.

Onde encontrar

A Clínica Jardins conta com uma equipe de fisioterapeutas qualificados em técnicas de aplicação de carboxiterapia.

As avaliações são realizadas pela fisioterapeuta Dra. Eloize Valadares, em conjunto com a profissional responsável pelo seu atendimento, para que você receba um cronograma de tratamento personalizado para os resultados que você procura.

Agende sua avaliação aqui e usufrua dos benefícios da carboxiterapia!

Escrito por

Eloize Valadares